Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Grupo de ciclistas na Via Verde Via de la Plata, em Cáceres

As Vias Verdes de Extremadura

Extremadura

Alguma vez percorreu uma via verde na Espanha? São trilhas para pedestres, ciclistas e para percorrer a cavalo no meio da natureza, que existem graças à adaptação de infraestruturas em desuso, especialmente antigas ferrovias. Extremadura possui quatro: Via Verde Vía de la Plata, Via Verde de Monfragüe, Via Verde Vegas del Guadiana e Via Verde Mina La Jayona. Estes itinerários totalizam aproximadamente 150 quilômetros e são uma boa forma de se introduzir nas paisagens da região. 

  • Via Verde Vía de la Plata

    Situada ao norte da província de Cáceres, corresponde à antiga linha ferroviária Astorga-Plasencia e faz referência a uma antiga via romana. Este trajeto, que comunica Casas del Monte e Béjar (já na região de Salamanca), tem cerca de 42 quilômetros. Decorre ao longo de diferentes localidades do Vale de Ambroz: Casas del Monte, Segura de Toro, Gargantilla, Aldeanueva del Camino, Hervás e Baños de Montemayor. Se tem vontade de percorrê-la, poderá observar elementos da antiga linha ferroviária ao longo da via, como semáforos, sinalização, desvios, etc.Uma parada que não pode perder é no Museu Têxtil de Béjar, assim como uma excursão pela cidade para aproveitar seu patrimônio histórico e artístico. Também merece especial menção Hervás e sua Paisagem Protegida Castañar Gallego. Passear no bairro judeu desta localidade, um dos mais bem conservados da Espanha, é como iniciar uma viagem ao passado.  Se for verão, não pode faltar um mergulho nas bonitas piscinas naturais da região. Além disso, pode visitar o Balneário de El Salugralpara relaxar, localizado nos arredores de Hervás, ou os Baños de Montemayor, que conservam vestígios de termas romanas.

  • Família passeando na Via Verde de Monfragüe, Cáceres

    Via Verde de Monfragüe

    Situada na província de Cáceres, é uma das entradas ao Parque Nacional de Monfragüe. De fato, é uma das três vias verdes espanholas localizadas a menos de cinco quilômetros de um parque nacional. Possui cerca de 20 quilômetros, começando em Las Habazas (Malpartida de Plasencia) até a passagem superior da pista asfaltada de Caserío de Urdimalas, e é o trajeto que deixou o trecho de uma antiga variante do trem Madri-Valencia de Alcántara.Se deseja realizar uma visita, poderá aproveitar bucólicas paisagens de azinheiras e sobreiros, e avistar, entre outras muitas espécies, a águia imperial ibérica, o quebra-ossos, o abutre-do-Egito, o falcão-peregrino, o gavião ou a coruja bufo-real. Para obter mais informações sobre o lugar, pode visitar o Centro de Visitantes Norte do Parque (estrada EX 208- Km. 9). Além disso, caminhará sobre passarelas de madeira observando como o gado pasta livre nas pastagens ou admirar a interessante, porém abandonada, estação ferroviária de Malpartida. Contudo, embora Monfragüe seja sinônimo de natureza, também inclui patrimônio arquitetônico e histórico. Em Malpartida de Plasencia, poderá visitar a Igreja paroquial de San Juan Bautista e o conjunto de ermidas de San Blas, Virgen de la Luz, San Gregorio e San Cristóbal.

  • Via Verde Vegas del Guadiana

    Esta via verde une as localidades de Villanueva de La Serena e Logrosán, passando pelos municípios de Don Benito, Rena, Villar de Rena, Torviscal, Palazuelo (Villar de Rena), Madrigalejo, Campo Lugar e Navalvillar de la Pela. Seu traçado coincide com a antiga linha ferroviária entre Talavera de la Reina e Villanueva de la Serena.Ao longo de seus quase 58 quilômetros, poderá aproveitar a beleza da paisagem marcada por pastagens, alagadiços e campos cultivados. Além disso, ao percorrer esta rota no inverno, você terá a possibilidade de conhecer a maior área de invernada de grous provenientes do norte da Europa. De fato, ao longo da via verde há várias Zonas de Especial Proteção para as Aves (ZEPA). Algumas paradas recomendadas são o Castelo da Encomenda e a Igreja da Asunción, em Villanueva de la Serena, e as Minas de Logrosán (Mina Constanza e Centro de Interpretação) se deseja descobrir o passado mineiro da região. 

  • Mãe e filhos pedalando na Via Verde Mina La Jayona, em Badajoz

    Via Verde Mina La Jayona

    Localizada ao sul da província de Badajoz, corresponde à antiga linha ferroviária Peñarroya-Fuente del Arco. Com seus mais de 30 quilômetros e seguindo os pés de Sierra Morena, atravessa os municípios de Fuente del Arco, Valverde de Llerena, Berlanga e Azuaga.A paisagem desta via verde se destaca pelos cultivos herbáceos, olivais e pastagens de azinheiras, algumas delas com a presença de rebanhos de ovelhas merinas.Uma visita recomendada antes de iniciar o caminho é na mina La Jayona, antiga mina de ferro escavada com picareta e pá. Na atualidade, é um lugar de grande interesse geológico, cheio de flora e fauna.Também poderá conhecer o Parque de Conservação Las Quinientas, em Berlanga, que compreende uma grande amostra de árvores e plantas autóctones, como narcisos, orquídeas, crisântemos, ervas-doces, tojos, tomilhos, etc. E muito perto se encontra o Parque Natural Sierra Norte de Sevilla.

Descubra mais sobre...