Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Faial de Vegacervera na Reserva da Biosfera de Los Argüellos

Reserva da Biosfera de Los Argüellos

León

Um lugar para a espeleologia


A Reserva da Biosfera de Los Argüellos, declarada em 2005 pela UNESCO, é um exemplo representativo de um ecossistema da Cordilheira Cantábrica.

Los Argüellos se situam em Castilla y León, na região centro do norte da província de León, e compreendem os municípios de Vegacervera, Cármenes e Valdelugueros. Sua singularidade reside em sua paisagem, que combina valor estético e interesse científico: várias das cavernas existentes possuem uma importante biodiversidade, enquanto seus barrancos e formações cársticas ajudam a compreender os processos geológicos da Cordilheira Cantábrica, único exemplo da Europa que apresenta um ecossistema de alta montanha localizado tão perto do mar e a uma altitude tão relativamente baixa. A orografia de Los Argüellos é, precisamente, um de seus principais atrativos. Principalmente para os adeptos da espeleologia, que encontrarão cavernas de beleza espetacular, como as de Valporquero, Llamazares ou Barredo; estreitas fendas e desfiladeiros, e impressionantes barrancos, como os desfiladeiros de Vegacervera ou Valdeteja. As numerosas cavidades e fissuras possibilitam que, neste reduzido território, habitem 15 das 26 espécies de morcegos que há na península Ibérica. Também são representativas as aves de rapina.

Reserva da Biosfera de Los Argüellos


Leão  (Castela e Leão)

Espécie de área:Reserva da Biosfera Superfície:33,26 hectares E-mail:oficina@arguellos.eu Tel.:+34 987 073 203 Web:Reserva da Biosfera de Los Argüellos

Leão (Castela e Leão):

Vegacervera.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    A pecuária é uma das principais atividades desenvolvidas nesta região e que facilitam, também, a conservação da paisagem. Precisamente os prados e pastagens representam um elemento tradicional de grande interesse.

  • Informações meio ambientais

    Além de abrigar diversas espécies de flora e fauna endêmicas da Cordilheira Cantábrica como a perdiz cinza ou a lebre de piornal, este território é uma região crucial para a sobrevivência do urso pardo, uma espécie em vias de extinção na Espanha.

  • Informações visitas

    Os principais povoados desta região estão a cerca de 50 quilômetros da cidade de León, seguindo a estrada N-630 em direção às Astúrias. Há roteiros de bicicleta e itinerários de caminhada estabelecidos que permitem aos visitantes conhecer o ambiente.