Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Excursionista contemplando a vista em Belagua, nas ladeiras do Lakartxela

O que fazer em Navarra: trekking na Selva de Irati

Comunidade Foral da Navarra

Percorrer a Selva de Irati significa entrar no segundo faial-abetal mais extenso e bem cuidado de toda a Europa. Um autêntico tesouro natural com um valor ecológico incalculável. Onde diferentes opções esperam por você para fazer das suas férias uma experiência inigualável. Existem duas maneiras de chegar: uma é pelo Vale Aezkoa, e a outra pelo Vale de Salazar. Nas duas opções, você encontrará diferentes pontos de informação, serviço de guardas, estacionamentos, locais para piquenique e os roteiros que melhor se adaptam a você. Você poderá fazer caminhadas, cicloturismo e até uma visita guiada de 4x4. Continue lendo e descubra dois roteiros que você não pode perder e que certamente nunca se esquecerá. 

Roteiro saindo do Vale de Aezkoa: Paraísos Erlan SLNA-54C

A rota Paraísos Erlan é um itinerário circular tranquilo que começa na barragem de Irabia. Em aproximadamente uma hora, você percorrerá seis quilômetros entre faias, pistas florestais e antigos caminhos de lenhadores.Para chegar ao ponto de início, você deverá atravessar Orbaitceta, um bonito povoado rural situado na Merindad de Sangüesa, e a partir de lá seguir as sinalizações até a barragem, onde verá como é armazenada a água do rio Irati. No primeiro trecho da rota, você bordeará a represa e seguirá por uma trilha pela qual entrará na colina verdejante de Mozolotxiki. Um trecho simples e fácil de percorrer. Na segunda parte, você subirá por um caminho que leva até o trecho de bosque de Ermuñoa, onde terá uma vista panorâmica perfeita da barragem e uma imensa área de bonitas faias a 940 metros. Quando acabar de fotografar a paisagem, começará a descida até voltar ao início do percurso.

Duas mulheres caminhando pelo roteiro circular perto de Merindad de Sangüesa, Navarra

Rota saindo do Vale de Salazar: Ruta de Gartxot

A Ruta de Gartxot é considerada por muitos uma rota lendária de quase quatro horas de trajeto. Você entenderá o motivo viajando até Izalzu, um povoadinho situado na Merindad de Sangüesa, no Vale de Salazar, onde descobrirá a terrível lenda de Gartxot, um bardo navarro medieval que foi castigado por ter cometido um crime tenebroso. Lá você começará a rota marcada de branco e laranja na direção de Ustárroz, um peculiar lugarejo com apenas dez habitantes. Seguindo o seu ritmo, você bordeará os campos de lavoura e suaves mantos com árvores que ficarão cada vez mais densos ao ir em direção às montanhas. Após bordear o barranco de Arboleta, você encontrará o mirante Behatokia, a partir do qual avistará de longe as espetaculares montanhas dos Pirineus, como a Mesa dos Três Reis e o Pic d’Anie. Nesta primeira parte, você chegará a um descampado por onde descerá junto a um córrego, que terminará na cachoeira Ripalda.

Jovem percorrendo a Rota de Gartxot na Selva de Irati

Após descansar um pouco os pés e recuperar as energias, você irá para a caverna de Elkorreta, que inspirou a lenda de Gartxot: uma curiosa abertura triangular nas profundezas de uma rocha. Durante aproximadamente um quilômetro, você caminhará entre frondosos bosques de carvalhos e faias com uma grande vista panorâmica do Vale de Salazar e a Serra de Abodi aos seus pés. Você vai achar pitoresco ver o gado pastando mansamente ao seu lado.Após passar da caverna, começa uma descida que chega até uma pista de terra, onde, passando por trilhas e carvalhais, você encontrará novamente o bonito povoado de Izalzu.Como você pode ver, Navarra tem magia no interior. Desde lendas tão antigas que ninguém sabe quando começaram, até rotas populares que permanecem quase intactas até os dias de hoje. Escolha o seu roteiro e prepare-se para percorrer a Selva de Irati e viver uma aventura que parecerá um conto de fadas.

Vista do povoado de Izalzu no Vale de Salazar, Navarra
Descubra mais sobre...