Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vistas no terraço do espaço CentroCentro

Espaços de cultura alternativa em Madri

Madrid

Espaços de cultura alternativa em Madri


Cultura contemporânea, arte urbana, criatividade colaborativa, espaços dedicados à participação cidadã na arte... Todas elas são propostas alternativas e complementares à ampla oferta da cidade e que permitirão conhecer a vertente mais vanguardista e social da cultura na Espanha.

Espaços alternativos

São centros jovens cujas atividades, exposições e promoção da participação cidadã foi suficiente para se destacarem na vida cultural de Madri.

Matadouro de Madri

Definido como centro de criação contemporânea e laboratório de criatividade. Sua programação inclui shows, atividades ao ar livre, exposições, oficinas, cinema em versão original, teatro... Destaca-se seu espaço dedicado à literatura, La Casa del Lector; os teatros das Naves del Español e sua grande praça, onde são organizados originais mercados temáticos e festivais. Além disso, possui uma área de design e estúdios de gravação e ensaio. Ao lado, você poderá visitar o Jardim Botânico Estufa do Palácio de Cristal de Arganzuela.Como chegar: encontra-se ao lado da estação do metrô de Legazpi (linhas 3 e 6) e cerca de um quilômetro da estação Embajadores (linhas 3 e 5 do metrô e trens Cercanías)Curiosidades: você sabia que seu nome se refere ao primeiro uso do espaço? Efetivamente, trata-se do antigo matadouro e mercado municipal de gado de Madri.

Matadouro Madrid

La Tabacalera

É um exemplo de cultura colaborativa e convivência intercultural, porque um de seus dois espaços é gerenciado pelo centro social do bairro de Lavapiés, dos mais multiculturais de Madri. Isto quer dizer que são os próprios vizinhos que propõem em assembleias suas atividades.Seu outro grande espaço se concentra na arte contemporânea, na fotografia e nas artes visuais. Inclui amplas salas de exposições que lembram o passado do edifício, áreas para residências e trabalhos com artistas. Além disso, seu muro exterior é uma galeria de arte urbana na rua.Como chegar: encontra-se ao lado da estação Embajadores (linhas 3 e 5 do metrô e trem Cercanías).Curiosidade: em seus inícios foi Fábrica de Aguardentes e Cartas e, posteriormente, durante quase dois séculos, a Fábrica de Tabacos e Rapé.

Salga interna de Tabacalera Madrid e detalhes de seus muros exteriores com arte de rua

La Casa Encendida

É um centro social e cultural que colabora, principalmente, com jovens artistas e em torno de quatro temas: solidariedade, meio ambiente, cultura e educação. São muito conhecidos seus shows, especialmente os organizados periodicamente junto à Rádio Nacional da Espanha, suas oficinas infantis, suas exposições de arte contemporânea e sua ampla oferta educativa. Além disso, oferece um estúdio de rádio, um laboratório de fotografia e um estúdio multimídia. Antes de finalizar a visita, recomendamos passar alguns momentos em seu agradável terraço.Como chegar: encontra-se no meio do caminho entre as estações de Atocha (linha 1 do metrô e trem Cercanías) e Embajadores (linhas 3 e 5 do metrô e trem Cercanías). A pé, está a poucos minutos do Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia.Curiosidades: Você sabia que a loja de La Casa Encendida é um espaço solidário de comércio justo? Os produtos à venda provêm de cooperativas da África, Ásia e América Latina.

Casa Encendida

Medialab-Prado

Você tem um projeto de cultura digital? Gostaria de participar em ideias experimentais? Aproxime-se deste centro e consulte com os mediadores culturais. Certamente, você poderá encontrar o que está procurando. Trata-se de um laboratório de produção, divulgação e investigação da era digital na cultura, baseado na colaboração e participação cidadã. Seu programa de atividades inclui oficinas de formação e produção, seminários, debates, palestras, performances...Como chegar: está em pleno Passeio da Arte, ao lado do CaixaForum Madri e a poucos passos do Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia e do Museu Nacional do Prado. As estações de metrô mais próximas são Atocha e Antón Martín (linha 1).Curiosidades: Imagine brincar de “mata marcianos” (Space Invaders) com uma fachada como tela? Aqui é possível. Sua fachada digital projeta trabalhos experimentais dos grupos de investigação de Medialab-Prado.

Medialab Prado Madri

CentroCentro

Seu edifício é um dos ícones de Madri e, nos últimos anos, transformou-se em um espaço público para a cultura. Recebe renomadas exposições e feiras de arte, oferece espaços para a reflexão, salas de leitura e áreas de trabalho relacionadas com a arte. No seu interior se destacam o Mirante de Madri e sua Galeria de Cristal. No primeiro, você aproveitará uma incrível vista de 360 graus da cidade que abrange a Gran Vía, o Paseo de la Castellana e o Parque do Retiro. Entretanto, da Galeria de Cristal chamará sua atenção pela abóbada.Como chegar: como indica seu nome, está em pleno centro e você pode ir a pé seguindo quase qualquer rota turística. A estação de metrô mais próxima é Banco de España (linha 2).Curiosidades: o edifício, o Palácio de Cibeles, é também sede da Prefeitura de Madri e, durante quase todo o século passado, foi conhecido como a “Catedral das Comunicações” por ser a sede principal do serviço dos correios da Espanha.

Fonte de Cibeles e o edifício de CentroCentro Madri

Conde Duque

É um dos grandes centros urbanos da cultura de Madri junto com o Matadouro e CentroCentro. Gira em torno de dois grandes pátios. O Pátio Norte, cujas instalações oferecem serviços culturais, como uma biblioteca municipal, o Museu de Arte de Contemporâneo ou o Arquivo Histórico de Madri; e o Pátio Sul, orientado à divulgação cultural e que possui um teatro, auditório, várias salas de ensaio e salas de exposições.Como chegar: encontra-se no animado bairro Universidade e as estações metrô mais próximas são Ventura Rodríguez (linha 3), Plaza de España (linhas 3 e 10), Noviciados (linha 2) e San Bernardo (linhas 2 e 4).Curiosidades: Você sabia que aqui poderá encontrar espetáculos de dança, desfiles na moda, performances ou obras de teatro em antigas cavalariças? É assim porque, no século XVIII, este edifício foi quartel de um corpo militar espanhol. Na área do Pátio Norte dormiam os soldados e, no Pátio Sul, descansavam os cavalos.

Pátio central de Conde Duque e detalhes de suas instalações