Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Moça observando a catedral de Valência

Uma escapada para Valência: a arte arquitetônica must-see

Comunitat Valenciana

Se você gosta de mergulhar de cabeça na cultura quando viaja e de descobrir a história de uma cidade, e uma de suas grandes paixões é a arte... continue lendo para se apaixonar por Valência. Três paradas modernistas que você deve fazer na cidade. 

Primeira parada: A Cidade das Artes e das Ciências, uma cidade dentro da cidade

Inaugurada em 1998 e com mais de 300.000 metros quadrados, a Cidade das Artes e das Ciências é um autêntico complexo arquitetônico, cultural e de entretenimento situado no último trecho do rio Turia. Uma parada obrigatória para os amantes da arquitetura e da ciência.Ao chegar, você entrará no conhecido Hemisfèric e seu incrível planetário; seguirá pelo Museu da Ciência e dezenas de exposições científicas interativas; mergulhará de cabeça no Oceanogràfic passando por interessantes habitats marinhos; você passeará pelo Umbracle, com mais de 17.500 metros de jardins, tanques e uma vegetação própria do mediterrâneo; contemplará as melhores óperas e representações cênicas nos auditórios do Palácio das Artes Rainha Sofia; e por último, você caminhará pelo edifício Ágora, surpreendendo-se com os eventos que são realizados no meio de espetaculares estruturas metálicas e vidros brilhantes. 

Vista do Hemisfèric na Cidade das Artes e das Ciências de Valência

Segunda parada: O porto e Veles e Vents, para continuar navegando por Valência. 

Entre 2005 e 2006, David Chipperfield e Fermín Vázquez decidiram construir um verdadeiro espetáculo à vista: o emblemático edifício Veles e Vents. Aço pintado de branco, madeiras nobres originárias do Brasil e revestimentos de vidro resistente. Modernidade em estado puro. Caminhando pelo Porto de Valência você vai vê-lo em questão de segundos, imponente, ocupando mais de 120.000 metros quadrados. Quatro plataformas em diferentes alturas, que parecem flutuar no ar e constituem um mirante perfeito. 

Vista do edifício Veles e Vents, no porto de Valência

Terceira parada: o centro da cidade, essência modernista

O centro de Valência é um daqueles centros históricos que combinam o moderno com o antigo. Um estilo altamente urbano, que não passa despercebido para nenhum visitante. E menos ainda para você.Passando por ruas e ruelas, você descobrirá edifícios emblemáticos como o do telégrafo; viajará no tempo com a Valencia Estación del Norte, classificada como Bem de Interesse Cultural em 1983; se apaixonará pelos aromas do Mercado Central da cidade de Valência, um espetacular bazar com cúpulas de vidro e colunas grossas de estilo modernista; conhecerá a Lonja de la Seda (mercado da seda), uma obra-prima declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1996, de grande valor arquitetônico e um exemplo excepcional do estilo gótico tardio e da riqueza de cidades mercantis mediterrâneas; e finalmente, se perderá no meio de fachadas históricas como a da igreja de Santa Catalina, o palácio do Marquês de Dos Aguas, a igreja de San Juan del Hospital, a Basílica Metropolitana de Santa María e a Basílica de Nuestra Señora de los Desamparados.

Sala de contratação da Lonja de la Seda, em Valência
Descubra mais sobre...